Política / Transparência

Investigação do MP-MS sobre uso de prédio doado a instituto é arquivada

Investigação iniciada há dois anos pelo MPE-MS (Ministério Público Estadual) contra Instituto Social Pioneira, localizado no bairro Universitário, em Campo Grande, foi encerrada no início deste mês sem apontar irregularidades cometidas pela organização. O inquérito civil aberto em agosto do ano 2018, após o MP-MS flagrar que imóvel cedido pelo Governo Estadual ao instituto estar...

Aliny Mary Dias Publicado em 31/08/2020, às 18h42

Interior do prédio do instituto em agosto de 218 (Foto: MPMS)
Interior do prédio do instituto em agosto de 218 (Foto: MPMS) - Interior do prédio do instituto em agosto de 218 (Foto: MPMS)

Investigação iniciada há dois anos pelo MPE-MS (Ministério Público Estadual) contra Instituto Social Pioneira, localizado no bairro Universitário, em Campo Grande, foi encerrada no início deste mês sem apontar irregularidades cometidas pela organização.

O inquérito civil aberto em agosto do ano 2018, após o MP-MS flagrar que imóvel cedido pelo Governo Estadual ao instituto estaria sendo usado para outras funções, foi arquivado em 5 de agoto deste ano. O arquivamento da investigação inicial é assinado pelo promotor de Justiça Gevair Ferreira Lima Jr, da 49ª Promotoria de Justiça de Campo Grande.

Conforme o apurado pelo MP-MS à época, o imóvel, localizado no bairro Universitário, foi doado à organização em dezembro de 2014. Contudo, o imóvel teria ficado sem utilização entre 2017 e 2018. Técnicos do ministério encontraram suposto desvio de função do prédio, que estaria sendo usado para outros fins.

Na época, a presidência do Instituto informou que o local estava sem uso porque raio teria caído no prédio, que acabou sendo interditado pelo Corpo de Bombeiros.

Com o arquivamento da apuração, nenhuma responsabilidade foi atribuída aos gestores da instituição por suspeita de irregularidade.

Jornal Midiamax