Política / Transparência

Cinco empresas disputam licitação de R$ 466 mil para reforma das bases do Samu de Campo Grande

Cinco empresas disputam a licitação de R$ 466 mil para reforma e ampliação das bases do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), segundo aviso divulgado no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta segunda-feira (5). Faram habilitadas as empresas MRL Comércio de Materiais Elétricos e Serviços, Andrade Construções, CR Arquitetura e Construção, EDR Engenharia […]

Mayara Bueno Publicado em 05/10/2020, às 12h16

(Ilustrativa)
(Ilustrativa) - (Ilustrativa)

Cinco empresas disputam a licitação de R$ 466 mil para reforma e ampliação das bases do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), segundo aviso divulgado no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta segunda-feira (5).

Faram habilitadas as empresas MRL Comércio de Materiais Elétricos e Serviços, Andrade Construções, CR Arquitetura e Construção, EDR Engenharia e RGC Construtora e Incorporadora. Já as construtoras GBA Serviços e Construções e Traço Engenharia foram desclassificadas.

O resultado da habilitação ainda pode ser contestado pelas empresas, que têm cinco dias úteis para apresentarem recursos. Depois disso, o município deve marcar a abertura das propostas, para definir qual empresa vai contratar para o serviço.

No memorial descritivo, o município elenca unidades do Samu nos Bairros Coronel Antonino, no Universitário e na sede, que fica na Sesau (Secretaria Municipal de Saúde). “Visando atender à solicitação de melhorias nas condições higiênicos-sanitárias gerais e propor novas instalações para  Base Descentralizada do Samu”.

Jornal Midiamax