Política / Transparência

Bolsonaro reconduz Marcelo Turine ao cargo de reitor da UFMS

Foi oficializada no DOU (Diário Oficial da União) desta quarta-feira (23) a recondução de Marcelo Augusto Santos Turine ao cargo de reitor da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). No decreto assinado pelo presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido), com data de 22 de setembro de 2020, Turine se mantém como reitor da […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 23/09/2020, às 08h56 - Atualizado às 15h41

O reitor da UFMS, Marcelo Turine (Foto: Reprodução | Youtube)
O reitor da UFMS, Marcelo Turine (Foto: Reprodução | Youtube) - O reitor da UFMS, Marcelo Turine (Foto: Reprodução | Youtube)

Foi oficializada no DOU (Diário Oficial da União) desta quarta-feira (23) a recondução de Marcelo Augusto Santos Turine ao cargo de reitor da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). No decreto assinado pelo presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido), com data de 22 de setembro de 2020, Turine se mantém como reitor da referida universidade com mandato de quatro anos, em mandato que segue até

A chapa liderada por Turine também contava com a professora Camila Ítavo no cargo de vice-reitora – ambos foram os mais votados durante pleito eleitoral ocorrido em julho deste ano, somando 42,44% dos votos.

Os votos de Turine, no entanto, não garantiam que ele fosse escolhido o reitor – os nomes mais votados integram lista tríplice, a partir da qual o chefe do Executivo Federal faz a escolha. Além de Turine, Lincoln Oliveira e José Antônio Menoni (chapa 3) e Elizabeth Maria Azevedo e Lucilene Machado Garcia (chapa 1) compuseram a lista, da qual o atual reitor restou reconduzido ao cargo.

Ao todo, foram computados 7.903 votos na eleição, que ocorreu 100% on-line, em razão da pandemia do novo coronavírus. Ao todo foram 5.339 votos válidos de alunos, 1.344 de professores e 1.220 de técnicos administrativos, além de 149 votos em branco e 177 nulos.

Jornal Midiamax