Política / Transparência

Além de psicólogos, MPMS também vai apurar indícios de irregularidade em atendimento fonoaudiológico em Dourados

O MPMS (Ministério Público Estadual) abriu inquérito civil a fim de apurar supostas irregularidades no fornecimento de atendimento para crianças e adolescentes com profissionais de fonoaudiologia no município, conforme edital publicado no DOMP (Diário Oficial do MPMS) desta sexta-feira (6). Conforme o edital, o inquérito vai correr na 17ª Promotoria de Justiça da Comarca de […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 06/11/2020, às 09h01

Sede do MPMS em Dourados | Foto: Divulgação, MPMS
Sede do MPMS em Dourados | Foto: Divulgação, MPMS - Sede do MPMS em Dourados | Foto: Divulgação, MPMS

O MPMS (Ministério Público Estadual) abriu inquérito civil a fim de apurar supostas irregularidades no fornecimento de atendimento para crianças e adolescentes com profissionais de fonoaudiologia no município, conforme edital publicado no DOMP (Diário Oficial do MPMS) desta sexta-feira (6).

Conforme o edital, o inquérito vai correr na 17ª Promotoria de Justiça da Comarca de Dourados, sob o comando do promotor de Justiça Luiz Gustavo Camacho Terçariol. O conteúdo do inquérito instaurado, de número 06.2020.00001221-5, está acessível pela internet clicando AQUI.

Na quinta-feira (5), a mesma promotoria tornou pública instauração de inquérito para apurar eventual ausência de atendimento psicológico clínico (psicoterápico) às crianças e aos adolescentes no município de Dourados.

Jornal Midiamax