Política / Transparência

Governo repassa R$ 15 milhões de contrapartida para obras em Campo Grande

O Governo do Estado, através da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), oficializou o repasse de R$ 15 milhões para a prefeitura de Campo Grande como contrapartida para obras de infraestrutura realizadas no programa “Juntos por Campo Grande”, que chega a sua segunda etapa. O programa inclui intervenções às margens do rio Anhanduí, mais […]

Nyelder Rodrigues Publicado em 30/05/2019, às 18h17 - Atualizado em 31/05/2019, às 12h25

None
rio_anhandui.jpg

O Governo do Estado, através da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), oficializou o repasse de R$ 15 milhões para a prefeitura de Campo Grande como contrapartida para obras de infraestrutura realizadas no programa “Juntos por Campo Grande”, que chega a sua segunda etapa.

O programa inclui intervenções às margens do rio Anhanduí, mais especificamente, na região dos bairros Marcos Roberto, Taquarussu e Jacy. A verba está distribuída em três contratos, que tiveram o convênio publicado nesta quinta-feira (30) no DOE-MS (Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul) pela Agesul.

No primeiro convênio, com vigência de sete meses, foram destinados R$ 2.295.489,37 para amortização parcial dos custos das obras. Já no segundo contrato, o valor é de R$ 3.045.796,25 e também válido por sete meses, assim como o terceiro, o maior de todos, orçado em R$ 9.658.130,37, conforme os extratos publicados no Diário Oficial.

Ambos os contratos foram assinados na terça-feira (28), e contarão com pagamento parcelado. O primeiro, que inclui além do Anhanduí, os complexos do Cabaças e Areias, será feito em sete parcelas, enquanto os demais serão pagos em oito vezes. Além da verba estadual e municipal, também são usados em tais obras recursos obtidos em contrato com a Caixa Econômica Federal.

Jornal Midiamax