Política / Transparência

Proibida cobrança da taxa de religação de água e luz em Ribas do Rio Pardo

O município de Ribas do Rio Pardo aprovou a proibição da cobrança da taxa de religação para fornecimento de energia e água em caso de corte por atraso de pagamento. “Fica proibida a cobrança da taxa de religação, por parte das empresas concessionárias de fornecimento de energia elétrica e água da cidade de Ribas do […]

Egina Becker Publicado em 10/09/2018, às 15h42 - Atualizado às 15h55

None

Proibida cobrança da taxa de religação de água e luz em Ribas do Rio PardoO município de Ribas do Rio Pardo aprovou a proibição da cobrança da taxa de religação para fornecimento de energia e água em caso de corte por atraso de pagamento.

“Fica proibida a cobrança da taxa de religação, por parte das
empresas concessionárias de fornecimento de energia elétrica e água
da cidade de Ribas do Rio Pardo, por atraso no pagamento das
respectivas faturas”.

Além disto, conforme publicado no Diário Oficial nesta segunda-feira (10), a concessionária deverá restabelecer o fornecimento gratuitamente em até 24 horas após a quitação da dívida, bem como “informar ao consumidor sobre a gratuidade do serviço de religação, em suas respectivas faturas de cobrança e em seus sites eletrônicos”.

Entretanto, se a causa da interrupção for requerida pelo próprio consumidor, a isenção da taxa não se aplica.

Tarifa mínima

Ficou aprovada também a extinção da tarifa mínima de consumo de água, sendo medição, faturamento e cobrança dos serviços de abastecimento realizados a partir do volume efetivamente aferido pelo hidrômetro. Tal medida passa vigorar a partir do dia 1° de janeiro de 2019.

Jornal Midiamax