Política / Transparência

Prefeitura da Capital faz locação de caminhões a R$ 34 milhões para a Seinfra

Contrato terá duração de seis meses

Evelin Cáceres Publicado em 03/08/2017, às 12h48

None

Contrato terá duração de seis meses

A Prefeitura de Campo Grande contratou a empresa JR Comércio e Serviços Ltda – ME para locação de caminhões para a Seinfra (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos) por R$ 34.618.680,00 para seis meses, de acordo com publicação do diário oficial de Campo Grande desta quinta-feira (03).

O contrato foi feito após processo licitatório de ata de registro de preços, visando a locação de máquinas pesadas, caminhões, veículos leves e equipamentos para a execução de na Capital, incluindo o fornecimento de combustível, operadores, motoristas, alimentação, traslado, manutenção de todo o maquinário e demais custos para atendimento das demandas da Seinfra, com caminhão basculante toco, caminhão pipa e motoniveladora.

Assinam pela contratação Rudi Fiorese e Jefferson Benites Cardoso. Em março, a Prefeitura publicou um resultado de licitação para aluguel de maquinário destinado a atender as demandas Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos) e da Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia). O valor de referência da licitação era de R$ 68 milhões, com a locação de mais de 300 máquinas.

A licitação teve como objetivo registrar os preços das locações de 31 tipos diferentes de máquinas utilizadas em obras e em locomoções. Sete dos lotes não tiveram propostas de empresas locadoras durante o procedimento licitatório.

Apesar de não haverem propostas de fornecedoras para todos os tipos de máquinas, os preços registrados pela Prefeitura podem resultar numa economia de R$ 3,1 milhões com o aluguel das máquinas, em relação ao valor de referência da licitação.

Quatro empresas irão fornecer as máquinas para a Prefeitura, ao longo de doze meses. Ao todo, os preços registrados propostos pelas locadoras chegam a R$ 59 milhões, incluindo custos com combustível, operadores, motoristas, alimentação, translado e manutenção do maquinário.

Jornal Midiamax