Política / Transparência

Estado diminui valor de contrato com empresa de segurança em R$ 988 mil

Empresa recebeu R$ 4,6 milhões do Estado em um ano

Joaquim Padilha Publicado em 06/04/2017, às 11h06

None
sjt_seguranca.jpg

Empresa recebeu R$ 4,6 milhões do Estado em um ano

A Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) publicou nesta quinta-feira (6) um decréscimo de R$ 988,9 mil no valor de um contrato com uma empresa de segurança e vigilância patrimonial.

A STJ Segurança e Vigilância Patrimonial assinou contrato com a Agência, órgão ligado à Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura), em maio de 2015 para fornecimento de segurança ostensiva.

Na época o valor do contrato era de R$ 3,8 milhões, para um período de doze meses. Desde então, o contrato passou por renovações e chegou a ser avaliado em R$ 5,4 milhões anuais.

Com o decréscimo, o valor do contrato passou para R$ 4,4 milhões. O decréscimo foi assinado pelo ex-diretor-presidente da Agesul, Ednei Marcelo Miglioli, secretário de EStado de Infraestrutura.

A empresa presta serviços de segurança armada tanto na sede da Agesul quanto nas unidades das Residências Regionais e outros postos da Agência, segundo o contrato.

Em 2016, a SJT recebeu da Agesul o equivalente a R$ 4,6 milhões em valores empenhados e liquidados, segundo o Portal da Transparência. Em 2015, o contrato havia rendido a empresa R$ 1,2 milhões de recursos do Estado.

(com supervisão de Evelin Cáceres)

Jornal Midiamax