Convênio da SAS com a empresa seria de R$ 2 milhões

O MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) vai apurar eventual desvio de verba pública em convênio da Prefeitura de Campo Grande com a Seleta. A informação foi publicada no Diário Oficial do MPE desta quinta-feira (10).

A investigação ficará por conta da 31ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social da comarca de Campo Grande. Após denúncia anônima, será apurado eventual ato de improbidade administrativa no suposto desvio de verba pública através do convênio realizado entre a Prefeitura Municipal de Campo Grande com a SAS (Secretaria de Assistência Social), no valor de R$ 2 milhões, cujo departamento de pessoa e financeiro responsável é terceirizado pela entidade Filantrópica Seleta Sociedade Caritativa e Humanitária.

A equipe de reportagem não conseguiu contatar a Seleta. A Prefeitura declarou que não foi notificada e só se manifestará após a notificação.