Política / Transparência

MPE apura possível irregularidade da Prefeitura com servidores de radiologia

Sindicato dos profissionais pediram abertura da apuração

Midiamax Publicado em 15/06/2015, às 12h47

None
mpe.jpg

Sindicato dos profissionais pediram abertura da apuração

O MPE-MS (Ministério Público Estadual em Mato Grosso do Sul) converteu em inquérito civil um procedimento sobre supostas irregularidades por parte da Prefeitura de Campo Grande contra servidores da área de radiologia.

Segundo consta na publicação, será apurar ‘eventuais irregularidades praticadas, em tese, pelo Prefeito Municipal de Campo Grande, Sr. Gilmar Antunes Olarte, em face da categoria de Tecnólogos, Técnicos e Auxiliares em Radiologia’. Quem pede as apurações é o Sinter (Sindicato dos Técnicos e Auxiliares em Radiologia em Empresas Públicas e Privadas no Estado de Mato Grosso do Sul).

As irregularidades seriam inexistência de levantamentos e de aferimentos radiométricos periódicos nos equipamentos destinados à operação dos servidores; reaproveitamento, reativação e transferências de equipamentos.

Questionada, a Prefeitura de Campo Grande disse que ainda não foi notificada a respeito do inquérito e, que, quando for, se posicionará a respeito da demanda para o próprio Ministério Público.

O inquérito tem por objetivo apurar possíveis irregularidades e visa colher evidências e provas que podem ser levadas à Justiça, por meio da propositura de uma ação civil pública.

Jornal Midiamax