Informações estão no Diário do MP

A 30ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social da Comarca de Campo Grande abriu Inquérito Civil  para apurar possíveis irregularidades nos serviços de emplacamento.

A investigação será feita em cima do trabalho  executado pelo (Departamento Estadual de Trânsito), principalmente na diferenciação entre particulares e despachantes. As informações foram publicadas no Diário Oficial do Ministério Público desta quarta-feira (12) e assinado pelo promotor Alexandre Pinto Capiberibe.

Saiba Mais