Contratos de Amorim com Agesul escaparam de batida da Polícia Federal

Governo criou comissão para analisar todos os contratos 
| 21/07/2015
- 18:09
Contratos de Amorim com Agesul escaparam de batida da Polícia Federal

Governo criou comissão para analisar todos os contratos 

O governo do Estado criou uma comissão para analisar todos os contratos com o grupo de empreiteiras gerenciado pelo empreiteiro milionário João Alberto Krampe Amorim dos Santos. Isso porque a Polícia Federal levou apenas 27 contratos para análise, sendo que o grupo detém um número maior deles. Estima-se que são 38, ao todo.

Nem todos envolvem verbas da União. Dentre os levados, 21 são da Proteco Construções, três da Encalso Construções Ltda. e três da LD Construções. Todas ligadas a João Amorim. Desses, 17 já haviam sido encerrados na gestão Puccinelli.

Dos outros dez, oito eram de manutenção e venceram no dia 1º de junho deste ano. Os outros quatro, no próximo dia 22 de agosto, mas não estariam vigentes porque o governo já realizou outras licitações para as manutenções, a serem assinadas nos próximos dias.

Os dois últimos são da Proteco e da LD para a construção do estacionamento do Aquário do Pantanal e outro para manutenção de rodovia. O governo vai analisar, por meio da comissão, se manterá os contatos ou se eles serão cancelados.

Veja também

Últimas notícias