Política / Pimenta

Pedido de casamento em Campo Grande deixa políticos surpresos com resposta nada romântica

Proposta de união eleitoral cheia de romance foi respondida com números frios e bem calculados

Da Redação Publicado em 31/08/2021, às 11h11

Pedido de casamento em Campo Grande surpreendeu pela resposta cheia de números
Pedido de casamento em Campo Grande surpreendeu pela resposta cheia de números - (Ilustração sobre reprodução, Web)

Pedido de casamento em Campo Grande visando as eleições de 2022 foi feito na base da nostalgia e do romance partidário, mas teve resposta fria e cheia de cálculos. Assim, deixou políticos surpresos pelo pragmatismo e frieza com números já bem definidos.

Enquanto isso, impactos da eventual união, que poderia afetar a vida funcional de centenas de nomeados, continuam preocupando correligionários, pré-candidatos e assessores.

Informação é de que pretendida teria séquito desfrutando de cargos e vagas para colocar na balança antes de qualquer decisão. (Para verificar nomeações, exonerações e promoções de servidores públicos nos órgãos oficiais de Mato Grosso do Sul, acompanhe nossas notícias de Transparência). 

Pedido de casamento em Campo Grande, resposta em Brasília

No entanto, como as conversas para eleições de 2022 em Mato Grosso do Sul continuam antecipando etapas, alguns cogitam que o pretenso pedido de casamento em Campo Grande poderia ser mais um ato a adiantar as coisas. Para desespero de nomeados em diversas instâncias, autarquias e unidades do poder público.

Além disso, apesar de as conversas terem acontecido em Campo Grande, dizem que 'contraproposta matrimonial' rolou em Brasília. Por lá, vários padrinhos grandes teriam intermediado os ensaios de aproximação. Quem conhece o noivo, garante que cortejo não terminou.

Sabendo de algo que MS precisa saber? Conta pro Midiamax!

Se você está por dentro de alguma informação que acha importante o público saber, fale com jornalistas do Jornal Midiamax!

Fala Povo: O leitor pode falar direto no WhatsApp do Jornal Midiamax pelo número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Se preferir, você também pode falar com o Jornal direto no Messenger do Facebook.

Você pode enviar flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax