Política / Pimenta

Muito medo

Mesmo sem concorrentes, chefe mandou parar tudo até nomeação, em maio.

Éser Cáceres Publicado em 19/02/2018, às 11h00

None

Mesmo sem concorrentes, chefe mandou parar tudo até nomeação, em maio.

Mesmo com ausência de concorrentes, chamaram todo mundo e mandaram tocar o barco sem qualquer tipo de atitude que possa ‘irritar’ quem está com a caneta na nomeação. Assim, fica tudo parado, “pelo menos até maio”. A submissão já não surpreende, mas o temor é tamanho, que levanta suspeitas sobre o que será que têm na manga contra grupo que se articula para controlar órgão na base do toma-lá, dá-cá…

Jornal Midiamax