O presidente do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), desembargador Carlos Eduardo Contar, lançou as primeiras metas de sua gestão. Todos os juízes da corte receberam ofício com os objetivos.

Segundo divulgou o tribunal, os atendimentos no fórum devem ser mantidos, ou retomados onde estão suspensos. Isto porque alguns serviços do TJMS sofreram restrições devido à pandemia de covid-19.

Além disso, Contar pediu para que cada juiz identifique os 50 processos de distribuição mais antigos e profira despacho, decisão ou sentença até o próximo dia 30 de abril. No mesmo prazo, os magistrados deverão filtrar os 50 processos paralisados em cartório há mais tempo para dar providências de andamento.

O presidente do TJMS ainda reforçou a necessidade de cada juiz manter residência na sede da comarca de lotação, bem como designar audiências nos processos necessários. As audiências ficaram suspensas por um tempo, também por causa da pandemia.

Os ofícios com as metas também foram assinados pelo corregedor-geral de Justiça do TJMS, desembargador Luiz Tadeu Barbosa Silva.