Nesta quarta-feira (22), às 16 horas, 15 novos juízes serão empossados no Tribunal de Justiça. Para integrar o quadro da magistratura sul-mato-grossense, 2.100 candidatos de todos os estados do país que realizaram a prova do XXX Concurso para o cargo de Juiz Substituto do Estado de Mato Grosso do Sul.

Dos inscritos, somente 308 passaram na prova objetiva e mantiveram-se na disputa. Foram oferecidas 24 vagas para o cargo de juiz substituto, cuja remuneração inicial é de R$ 18.610,06.

Tomam posse Ana Carolina Miranda de Oliveira, André Ricardo, Antenor da Silva Capua, Cezar Fidel Volpi, Evandro Endo, Fábio Kaiut Nunes, Francisco Soliman, Guilherme Henrique Berto de Almada, Idail de Toni Filho, Jessé Cruciol Jr., Melyna Machado Mescouto Fialho, Rafael Gustavo Mateucci Cassia, Roberto Hipólito da Silva Jr. Valter Tadeu Carvalho, Victor Curado Silva Pereira e Vitor Dias Zampieri.

Vitor Dias Zampieri conta que estudou por seis anos já que sempre teve a intenção de ingressar na magistratura. Ele foi estagiário na 4ª Vara Cível de Campo Grande em 2003, cinco anos depois tornou-se assessor de juiz e em 2013 foi nomeado assessor do Des. Luiz Gonzaga Mendes Marques.

“O fato de trabalhar na área facilitou nos estudos, principalmente na fase de sentença. Estagiar com um juiz inteligente e profundo conhecedor do direito, e depois assessorá-lo como desembargador me ajudou demais. Agora é trabalhar e crescer na carreira”, conta Vitor.

Outro a comemorar a conquista é Francisco Soliman. Natural de Carazinho (RS), ele já está familiarizado com o estado sul-mato-grossense. Ele estudou com o juiz Maurício Cleber Miglioranzi Santos e manteve contato com o amigo, que é titular na Comarca de Bela Vista.

“Advoguei por quatro anos, enquanto estudava para a magistratura, pois os custos não são baratos. Pretendo me estabelecer em Mato Grosso do Sul para prestar o melhor serviço jurisdicional possível”, afirma.