Política / Justiça

Mãe de Paul Walker luta pela custódia da neta na Justiça

Aproximadamente quatro meses depois que Paul Walker morreu – vítima de um acidente de carro – a mãe do astro, Cheryl Ann, tenta na corte a custódia de sua neta, Meadow, de 15 anos. Ela alega que a mãe da jovem, Rebecca Soteros, tem problemas com bebida. As informações são do RadarOnline. Cheryl esteve em […]

Arquivo Publicado em 21/03/2014, às 15h21

None

Aproximadamente quatro meses depois que Paul Walker morreu – vítima de um acidente de carro – a mãe do astro, Cheryl Ann, tenta na corte a custódia de sua neta, Meadow, de 15 anos. Ela alega que a mãe da jovem, Rebecca Soteros, tem problemas com bebida. As informações são do RadarOnline.


Cheryl esteve em um tribunal na terça-feira (18) para pedir a guarda a um juiz. Fontes da publicação afirmam que isso a daria o direito de controlar também cerca de US$ 16 milhões.


De acordo com os documentos obtidos pelo site, Cheryl disse no tribunal que Meadow precisa de um tutor “em condições” para que o dinheiro que ela tem em fundo seja desembolsado por seu tutor.


O documento ainda diz que o valor seria usado em benefício de Meadow, mas não fica claro se isso será fiscalizado e se a jovem assumirá o controle quando completar 18 anos.


Cheryl diz que é fundamental que ela cuide da neta, pois a mãe dela tem “problemas com bebida”. Ela ainda admite que não tem certeza se Soteros vai concordar com o acordo.


Paul Walker morreu aos 40 anos no dia 30 de novembro de 2013 em um acidente de carro na cidade de Santa Clarita, ao norte de Los Angeles, na Califórnia (EUA). Ele estava em um Porsche de carona com um amigo, Roger Rodas, que perdeu o controle e bateu em um poste, causando uma explosão e fazendo com o que o carro se incendiasse.


Walker interpretou o policial Brian O’Conner em cinco dos seis episódios de Velozes e Furiosos, que aborda o universo dos rachas de rua.

Jornal Midiamax