Política / Justiça

Juizados especiais comemoram vinte anos com a presença de ministra do STJ

O Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul comemorou hoje (9/9) os 20 anos de criação dos juizados especiais no Estado e a data foi marcada por uma solenidade no Tribunal do Pleno, que contou com a presença da ministra Fátima Nancy Andrighi, do Superior Tribunal de Justiça. Nancy foi homenageada com a comenda do Colar […]

Arquivo Publicado em 09/09/2010, às 23h37

None

O Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul comemorou hoje (9/9) os 20 anos de criação dos juizados especiais no Estado e a data foi marcada por uma solenidade no Tribunal do Pleno, que contou com a presença da ministra Fátima Nancy Andrighi, do Superior Tribunal de Justiça.

Nancy foi homenageada com a comenda do Colar do Mérito Judiciário, que é o mais alto reconhecimento da justiça sul-mato-grossense. “Eu me sinto emocionada e é como se todos vocês abraçassem meu coração”, disse ela durante o discurso de agradecimento.

A ministra que também é ministra substituta do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é relatora do processo que envolve o nome do governador André Puccinelli e que corre em segredo de justiça.

Durante a palestra ela falou sobre a o processo de humanização e celeridade do sistema judiciário.

“Acredito que a humanização do sistema judiciário faz com que os juízes exerçam o papel e a missão de serenar almas. E Mato Grosso do Sul é precursor dos juizados especiais no Brasil, sendo inclusive modelo a legislação eleitoral”, disse em entrevista ao Midiamax.

Esses e outros assuntos poderão ser lidos na íntegra no próximo domingo na “Entrevista da Semana”, aqui no Midiamax.

Jornal Midiamax