Vapt-vupt

Quem apareceu na sessão da Câmara Municipal desta terça-feira (28) foi o candidato ao Governo do Estado nas eleições de 2022, Capitão Contar (PRTB). Ele disse que foi ‘fazer o papel’ de cidadão e apoiar um assunto sobre causa animal debatida no plenário. Mas a de Contar foi ‘relâmpago’ e durou apenas alguns minutos.

De olho nas eleições

Contar confirmou que vai disputar as eleições de 2024. Sem dizer se vai concorrer a uma cadeira na Câmara ou na Prefeitura de Campo Grande, o ex-deputado estadual disse que é um ‘momento de construção’, mas que ‘vai disputar pelo país’.

Alice no País das Maravilhas

Dois vereadores da Câmara Municipal ‘trocaram elogios’ durante a sessão desta terça-feira. Ao dizer que não existia ‘folha secreta’ em relação aos funcionários da Prefeitura de Campo Grande, um vereador foi questionado paralelamente se vivia no país das maravilhas.

Batata quente

Após a Prefeitura de Campo Grande ficar inadimplente e correndo o risco de deixar de receber verbas, parece que começou uma brincadeira de ‘batata quente’. Ninguém assume a culpa e um vai jogando a causa ‘para o colo do outro’. Ex-secretário diz que a culpa é da prefeita, que por sua vez fala que a responsável foi uma ex-secretária que já disse não ter envolvimento e agora a ‘batata’ está no colo de uma também ex-servidora, ainda da gestão de Trad.

Materiais gráficos

A Câmara de Ponta Porã pagou mais de R$ 155 mil em materiais gráficos, que ainda serão confeccionados. Para atender às demandas, a Casa de Leis contratou três empresas.

Papelaria

Os materiais de papelaria e de expediente foram um pouco mais caros, isso porque o contrato fechou em mais de R$ 157 mil. O valor é quase o mesmo do contrato de materiais para limpeza, que custou R$ 156 mil para a Câmara de Ponta Porã.

De olho no gabinete

Mesmo de longe, Vander Loubet mostrou que está atento aos parlamentares que visitam o gabinete em . Prefeitos de Coxim e e vereadores de Sonora foram recebidos pela assessoria do gabinete do deputado.

43 anos

O TCE-MS completou 43 anos nesta terça-feira (28) e o destaque foi para os servidores. “A qualidade dos nossos servidores nos oportuniza oferecer aos nossos jurisdicionados toda essa boa vontade, e fazer com que o dinheiro público seja mais bem aplicado”, afirmou o presidente da Corte de Contas, conselheiro Jerson Domingos.

Saiba Mais