Tons de verde

O governador também deixa claro que gosta de verde, já que usou camisas com tons diferentes da mesma cor por dois dias seguidos. Será que o verde será a marca registrada de Riedel? Assim como o azul era de Reinaldo Azambuja durante os oito anos de governo.

Apego

Nos últimos dias de gestão, Azambuja brincou que após o governo iria utilizar mais cores no guarda-roupa. Contudo, parece que o tucano é apegado ao azul. De folga, ele aparece nas redes sociais com camisas em tons de azul e só se arrisca em estampa xadrez. Adivinhe a cor do fundo? Azul!

Ops

A página de sites institucionais da prefeitura de Campo Grande ainda não foi atualizada com as últimas mudanças do secretariado de Adriane Lopes (Patriota). Há pasta com interino no comando.

Interino

A Sesdes (Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social) está sendo chefiada pelo comandante da GCM (Guarda Civil Metropolitana), Anderson Gonzaga. Valério Azambuja pediu demissão em dezembro de 2022.

Cadê?

A Superintendência de Comunicação Social está sob comando de Vassil Oliveira. Mas a página está em branco.

Troca

Alelis Gomes virou adjunta da Semed (Secretaria Municipal de Educação) em favor de Lucas Bitencourt. Mas a servidora continua como titular no site.

O retorno

Alexandre Ávalo Santana voltou ao comando da PGM (Procuradoria-Geral do Município), mas Marcelino Pereira dos Santos ainda consta como titular.

Tchau

José Mauro de Castro Filho foi dispensado da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), mas seu nome ainda aparece. Sandro Benites assumiu o cargo.

Já foi

Max Freitas deixou a Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo) para assumir a FCMS (Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul). A pasta está sem comando.

Explicou

Ao anunciar secretariado do Ministério do Planejamento, Simone Tebet enfatizou o fato de não haver pessoas pretas, mas buscava nomes. A defesa acabou sobressaindo os anunciados e a ministra se tornou alvo de críticas novamente.