Único

Diferente dos outros integrantes do PP, Gerson Claro tem se mostrado um grande apoiador do pré-candidato Eduardo Riedel (PSDB). Não só apoia, mas compartilha — parece assessor de político buscando engajamento nas publicações.

Nomeação

Um membro de uma tradicional família da cidade de Bonito foi nomeado para cargo de assessor parlamentar da Câmara Municipal de Campo Grande. Neto de um político conhecido na ‘Capital do Ecoturismo’, o rapaz já chegou a se envolver com política na cidade natal, mas pelo visto a vida no interior não deu muito certo.

É fake

O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) informou, nesta quarta-feira (6), que a notícia sobre o cancelamento dos títulos dos eleitores com mais de 70 anos é falsa.

Mais fake

Também circulam em grupos de WhatsApp que quem não fez a biometria não poderá votar. Assim como a informação citada acima, trata-se de fake.

Parceria

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul vai transmitir um programa da OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil).

Na grade

Presidente da Casa de Leis, Paulo Corrêa (PSDB) publicou sobre a parceria. “Acabamos de assinar um convênio para veiculação de um programa sobre a advocacia sul-mato-grossense na grade da TV ALEMS”.

Aproveitando…

O presidente da OAB-MS, Bitto Pereira, foi à Casa de Leis e Corrêa aproveitou o momento para o convidar para evento sobre a Rota Bioceânica que será promovido em maio.

Vem, Marquinhos

Pré-candidato ao Governo do MS, Marquinhos Trad (PSD) começou as andanças políticas pelo interior e chegou a Camapuã. Participou de entrevistas e aproveitou o passeio para divulgar o jingle eleitoral ‘vem Marquinhos, vem’.

Empenhado

A divulgação do jingle está em peso e até mesmo o presidente da Casa de Leis, Carlos Augusto (PSB), publicou em seus story o clipe completo do amigo e mostrou que segue empenhado na pré-campanha do ex-prefeito de Campo Grande.

Não foi como esperado

Aliado do presidente Bolsonaro, o deputado Coronel David (PL) continuou empenhado na reeleição do ‘chefe’. Nos stories, o parlamentar compartilhou um vídeo da banda Ira entoando ‘Fora, Bolsonaro’ e tendo como resposta um coro contra Lula.