Política / Bastidores

[ BASTIDORES ] Batismo de ruas na pauta

Da Redação Publicado em 21/10/2021, às 06h30

None

Periferia

Durante análise de projetos que colocam nome em vias e locais públicos, o presidente Carlão (PSB) disse que, antes, 'só colocavam o nome de gente rica', o que ele já fez em outras ocasiões, mas que, há um tempo, a realidade é diferente.

Lanchão

O dirigente afirma que, enquanto vereador, uma das primeiras moções de congratulações que fez homenageou dono da lanchonete Pé na Jaca, no Bairro Nova Lima.

Do mesmo jeito

Segundo ele, a borracharia pequena, citou como exemplo, também gera emprego e paga imposto, mesmo que pouco, em relação ao bolo de arrecadação. "Mas paga".

Menos regras

Presidente desde o começo de 2021, Carlão mostra forma diferente de lidar com as questões que surgem na Câmara Municipal. Neste caso, foram as reações no plenário. Teoricamente, a plateia não pode se manifestar com barulho, durante votação. Se concordar ou discordar, pode mexer os braços, por exemplo, mas não gritar ou falar qualquer coisa.

Como tinha de ser

Na sessão de terça, porém, pessoas vinculadas ao samba e ao Carnaval, que participaram da votação de projeto criando dia específico sobre o assunto, não contiveram animação.

Aviso

Carlão só foi avisá-los após, segundo mencionado por ele, perceber 'olhares' do vereador João Rocha (PSDB), que presidiu a Casa de Leis. Em sua atuação, o ex-presidente seguia com rigor o regimento e pedia interrupção de manifestações.

Deixa

Já o atual presidente até citou que realmente existe proibição, mas não se importou com a alegria dos manifestantes, deixando-os fazer um pouco mais barulho.

Jornal Midiamax