Política / Bastidores

[ BASTIDORES ] Lockdown e seus reflexos

E o lockdown? A decisão da Defensoria Pública de ingressar com ação civil para que a Justiça obrigue a prefeitura de Campo Grande a decretar lockdown na cidade não agradou internamente. Não agradou Leia também: [ BASTIDORES ] Vem de zap [ BASTIDORES ] Mudança na grade Nem no próprio órgão a decisão de partir […]

Da Redação Publicado em 05/08/2020, às 06h00

None

E o lockdown?

A decisão da Defensoria Pública de ingressar com ação civil para que a Justiça obrigue a prefeitura de Campo Grande a decretar lockdown na cidade não agradou internamente.

Não agradou

Nem no próprio órgão a decisão de partir para disputa judicial foi unanimidade. Tem gente que acredita que a estratégia tenha fundo político.

Bate

Logo após a notícia de que o entrave judicial havia sido travado, associações que representam comerciantes trataram e agilizar defesa da postura atual da prefeitura, para evitar que o pedido prospere.

Rebate

Além dos próprios comerciantes, associações que os representam emitiram notas em apoio à decisão da prefeitura e contrários ao lockdown na cidade.

Quebra

O comércio teme que um novo fechamento neste momento seja determinante para o fechamento de muitas empresas que estão ‘mais pra lá do que pra cá’, como dizem por aí.

Espera

O próprio prefeito Marquinhos Trad afirmou que esse não é momento para lockdown em Campo Grande. A prefeitura deve se manifestar em breve na ação judicial.

Amor próprio

E a senadora Soraya Thronicke inovou no modelo de máscara de proteção que usou para participar de live. Depois de ousar com modelos em paetê, a senadora decidiu que ia estampar o rosto com o próprio rosto. Confere abaixo:

[ BASTIDORES ] Lockdown e seus reflexos

Jornal Midiamax