Política / Bastidores

[ BASTIDORES ] Vices representaram titulares em agendas com ministros

Peemedebistas do governo Temer chegaram juntos à Capital

Ludyney Moura Publicado em 09/05/2017, às 08h00

None
e619af78-9138-4096-b9c8-1462057f8af1.jpg

Peemedebistas do governo Temer chegaram juntos à Capital

Visitas

Os ministros peemedebistas do governo Michel Temer, Osmar Terra, Desenvolvimento Social, e Leonardo Picciani, Esportes, chegaram juntos a Campo Grande, no voo que os trouxe de Brasília.

Separados

Enquanto o prefeito Marquinhos Trad (PSD) recebeu Picciani, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) foi o anfitrião de Terra. A vice-prefeita Adriane Lopes (PEN) representou a Prefeitura no evento com Leonardo, e Rose Modesto (PSDB) foi a representante do Estado na agenda com Osmar.

Vaias

O deputado federal Carlos Marun (PMDB) foi vaiado no evento com o ministro dos Esportes, e teve dificuldade em concluir seu discurso.

Convicto

As vaias não intimidaram o deputado, que fez concluiu seu discurso defendendo as reformas trabalhistas, que ainda depende de votação no Senado, e da previdência que deve ser avaliada na Câmara nos próximos dias.

Certa

“Tenho convicção que estou fazendo a coisa certa no momento certo, não espero aplauso, mas reconhecimento virá (com o tempo). A reforma é necessária para o futuro do país. Pensem nos seus filhos, e não só na sua aposentadoria”, defendeu-se Marun.

Apoio

Enquanto o PMDB espera a definição do ex-governador André Puccinelli se sairá ou não candidato ao governo, o senador Waldemir Moka tem como certo sua campanha à reeleição, por mais que algumas alas peemedebistas ventilem Puccinelli na disputa ao Senado.

Aliança

Mesmo ressaltando a boa relação com Reinaldo Azambuja, Moka afirmou que uma aliança com o tucano só acontecerá se seu partido não lançar um candidato na majoritária.

Decisão

A OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Mato Grosso do Sul) comemorou a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) de permitir que governadores se tornem réus sem autorização das Assembleias Legislativas.

Benção

Para o presidente da Ordem em MS, Mansour Karmouche, a retirada da ‘benção’ do legislativo deixou a entidade satisfeita. Segundo ele, a súmula vinculante que vai normatizar a questão deve ser publicada até o final de maio. 

Comitiva

Uma comitiva de políticos, comandada pelo governador Reinaldo, acompanhou do meio da torcida do Corumbaense, a final do campeonato estadual de futebol. Para alguns torcedores, o tucano foi ‘pé quente’ na conquista do time pantaneiro que não conquistava o título desde 1984.

Jornal Midiamax