Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande analisam, na sessão desta quinta-feira (29), cinco proposições. Os trabalhos têm início às 9h20 no Plenário Oliva Enciso, na sede da Casa de Leis, na Capital.

Em única discussão e votação, segue para apreciação veto parcial ao projeto de lei 10.844/23, do vereador Coronel Villasanti (União Brasil), que autoriza a instalação de telas e gaiolas de proteção nas passarelas e viadutos administrados pelo município de Campo Grande, bem como naqueles sob concessão da iniciativa privada.

Também será analisado o projeto de resolução 518/23, do vereador Otávio Trad (PSD), que institui a Medalha Legislativa Manuel Estevão Júnior no âmbito da Câmara Municipal.

E também o projeto de resolução 526/23, que institui o Projeto Memórias do Legislativo Municipal – Resgate Histórico da Câmara Municipal de Campo Grande. A proposta é do vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB).

Em segunda discussão e votação, segue para plenário o projeto de lei 10.988/23, dos vereadores Ronilço Guerreiro (Podemos) e Dr. Sandro (PRD), que institui a premiação “Leitor do Ano” no âmbito das escolas de ensino fundamental da Rede Pública Municipal.

Já em primeira discussão e votação, os vereadores analisam o projeto de lei 11.044/23, de autoria do vereador Júnior Coringa (PSD), que institui a Festa da Fruta, a ser realizada anualmente na Escola Municipal Agrícola Governador Arnaldo Estevão de Figueiredo.

Palavra Livre

Durante a sessão, o secretário Municipal de Educação, Lucas Henrique Bittencourt, utilizará a Tribuna para falar sobre a situação da educação em Campo Grande. O convite foi feito pela Mesa Diretora.