A sucessão municipal já começou a extrapolar a pauta da Câmara de Vereadores. Nesta segunda-feira (25), o vereador e presidente da Casa de Leis, Laudir Munaretto (MDB), usou a tribuna da Câmara de Dourados para avisar que não pretende deixar a legenda.

O pronunciamento seria um recado direto ao deputado estadual Renato Câmara (MDB), que não vai deixar o MDB. “Eu vou ficar, queira o senhor ou não”, afirmou o presidente da Câmara Municipal.

Segundo informações apuradas pela reportagem do Jornal Midiamax, Renato, que também é presidente da executiva municipal do partido, esteve reunido com Laudir e o vereador Olavo Sul para tratar sobre a composição partidária e eleições municipais.

Durante o encontro, conforme Laudir, o deputado o questionou se continuaria no partido para disputar as eleições. “Achei engraçado, interessante, curioso. Eu senti que a forma que ele falou queria que fosse embora do partido”, comentou Munaretto.

Ainda na tribuna, o parlamentar emedebista prosseguiu: “Mas vou deixar bem claro, eu vou ficar no MDB, se o senhor fez compromisso com alguém, deputado Renato Câmara, o senhor pode desfazer que não vou sair do MDB”, avisou.

A janela partidária para mudança de partido dos vereadores vai até 5 de abril. O MDB de Dourados caminha para acordo com o PSDB, que deverá lançar Marçal Filho a prefeito da cidade.

A reportagem do Jornal Midiamax entrou em contato com o deputado e presidente do diretório municipal do MDB para falar a respeito do assunto. Entretanto, até o momento não recebeu nenhum retorno. O espaço segue aberto para esclarecimentos.