O presidente Luiz Inácio Lula da Silva terminou a visita às instalações da JBS em Campo Grande, planta na saída para Sidrolândia, por volta das 11h desta sexta-feira (12).

Em transmissão ao vivo nas redes sociais, Lula pousou ao lado dos trabalhadores e com o governador Eduardo Riedel (PSDB). Guiou a visita do presidente ao frigorífico Wesley Batista, um dos donos da JBS, que fez acordo de delação premiada durante a Operação Lava Jato.

Joesley Batista também acompanha, além da ministra do Planejamento, Simone Tebet, e do embaixador da China.

O presidente fará um embarque simbólico da primeira carne à China. Acompanhe a transmissão aqui.

Lula com trabalhadores da JBS de Campo Grande (Nathalia Alcântara, Midiamax)

Agenda de Lula

Lula cumpre agenda em Campo Grande, no frigorífico JBS. Informação do Planalto é de que nesta sexta-feira ocorre o primeiro embarque de carne para a China após frigoríficos serem habilitados para exportação.

Além da JBS da Capital, outros frigoríficos também foram habilitados para levar carne ao país asiático. A planta é uma das 38 habilitadas pela China para a exportação, em 12 de março. Ao todo, são 24 de processamento de bovinos, 8 de frangos, além de um de termoprocessamento e 5 entrepostos.

Antes da lista recente, o Brasil tinha 106 plantas habilitadas para a China, sendo 47 de aves, 41 de bovinos e 17 de suínos. O presidente e comitiva desembarcaram por volta das 9h30 na Base Aérea de Campo Grande.