A vereadora Luiza Ribeiro (PT), propõe a criação da Frente Parlamentar em Defesa da Tarifa Zero no Transporte Coletivo Urbano de . O projeto, protocolado na da Capital visa garantir que o serviço seja gratuito e de qualidade.

Luiza diz que debater a viabilidade da tarifa zero no transporte coletivo urbano de passageiros é mais do que necessário; é urgente. Uma audiência pública para debater o tema também está agendada para acontecer no dia 7 de março.

“Trata-se de um tema que está intrinsecamente ligado ao conceito de justiça social, buscando distribuir os custos do transporte coletivo de forma solidária por toda a sociedade, não apenas por seus usuários diretos”, afirma.

A iniciativa segue o exemplo da Frente Parlamentar instituída pela Câmara dos Deputados, por iniciativa do Deputado Washington Quaquá (PT/RJ), composta por parlamentares de diversos partidos, representando uma ampla gama de entes federados.

“É fundamental que a Câmara de Campo Grande se una a esse esforço, atuando de forma expressiva na defesa, proposição, acompanhamento e apoio das iniciativas destinadas à construção e consolidação de um sistema de transporte coletivo urbano de passageiros que seja público, gratuito e de qualidade”, diz a vereadora Luiza Ribeiro.

Pública: Um Passo Rumo à Tarifa Zero

Além disso, a vereadora propôs uma Audiência Pública sobre o tema da Tarifa Zero, agendada para o dia 7 de março, na Câmara Municipal de Campo Grande.

O evento contará com a presença do Deputado Federal Washington Quaquá (PT/RJ), Jilmar Tatto (PR/SP), respectivamente, presidente e vice-presidente da Frente Parlamentar da Tarifa Zero na Câmara Federal. O encontro também contará com a Deputada Federal Camila Jara (PT/MS), proporcionando um espaço de diálogo e reflexão sobre a implementação desta importante política pública.

A audiência pública também deve contar com a participação da comunidade e de representantes de diversos setores da sociedade, como dos usuários, de trabalhadores, empresários e de pesquisadores sobre mobilidade urbana.