Na presença do ex-governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que aprovou o aumento da alíquota de 14% para a categoria, servidores estaduais aposentados e pensionistas de Mato Grosso do Sul protestam nesta terça-feira (5) na Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul).

O protesto acontece também na presença de Ricardo Ayache, presidente estadual do PSB, partido de Paulo Duarte, deputado que assume vaga na Casa após a cassação de Rafael Tavares (PRTB).

O ex-governador Reinaldo Azambuja (Alicce Rodrigues, Midiamax)

Ayache é o presidente da Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores de Mato Grosso do Sul). Para Pedro Kemp (PT), é preciso se sensibilizar com a questão dos aposentados. “Estamos apoiando, é uma reivindicação mais do que justa para quem faz tratamento e tem despesas, eles contribuíram a vida inteira”.

Segundo Kemp, nesta semana o governo envia uma proposta à Casa. “Primeiro vai ser apresentada a situação do MS Prev em uma reunião nesta semana, com data a ser definida. Nós já sabemos que é deficitária. Depois, teremos uma proposta para a alíquota, em reunião que deve ser definida junto com a categoria”, disse.

Reforma na Previdência

Desde janeiro de 2021, os aposentados e pensionistas passaram a ter um desconto de 14% após a aprovação da “Reforma da Previdência”. A categoria argumenta que esse desconto é excessivamente alto e impacta negativamente suas condições de vida, considerando especialmente as despesas com saúde.