O Governador de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel (PSDB), viaja mais uma vez para os Estados Unidos, nesta quarta-feira (25). O objetivo é dar continuidade às tratativas com empresários e investidores norte-americanos sobre novos investimentos para o Estado.

O governador segue para Nova York ainda hoje e deve retornar na próxima sexta-feira (27), já que tem agenda pública.

Nesse período, o vice-governador, José Carlos Barbosa, o Barbosinha, não assume a governadoria. Pela Lei, ele só precisa assumir se Riedel se ausentar por 15 dias.

No mês de setembro, o tucano já havia viajado para os Estados Unidos, onde esteve em reuniões do com BIRD (Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento) e BID (Banco Interamericano do Desenvolvimento).

O governador falou sobre as reuniões com representantes do Banco Mundial, do BID e da Universidade de Columbia. Entre as pautas discutidas estavam o financiamento de projetos de infraestrutura e de proteção para o Pantanal.

Promovido pelo Lidse (Grupo de Líderes Empresariais), o Lide Brazil Development Forum levou painéis e discussões sobre temas como desenvolvimento sustentável, saneamento, energias renováveis, meio ambiente, saúde, educação e perspectivas econômicas.