Deputados estaduais de Mato Grosso do Sul aprovaram nesta terça-feira (17), em primeira discussão, Projeto de Lei 273 de 2023, que dá ao município de Nioaque o apelido de “Vale dos Dinossauros”. A proposta foi apresentada em setembro e segue em tramitação na Casa de Leis.

O texto é de autoria do deputado Junior Mochi (MDB), que justificou que foi pedido de vereadores da cidade, que aprovaram requerimento de pedido da proposta por unanimidade. De acordo com a Secretaria Estadual de Educação, as pegadas na região podem ter sido deixadas por dinossauros há cerca de 140 milhões de anos e formam um sítio paleontológico em Nioaque, cidade a 170 quilômetros de Campo Grande. Inicialmente, as pesquisas indicaram que as pegadas de dinossauros teriam sido deixadas no período Cretáceo.

Além do texto, outros cinco projetos também foram aprovados durante a primeira sessão pós-feriado. Ainda em primeira discussão, foi aprovado o Projeto de Lei 266 de 2023, de autoria do deputado Junior Mochi (MDB), que institui o Dia do Biólogo no Estado, a ser comemorado, anualmente, em 3 de setembro.

Foram aprovados também quatro Projetos de resolução correspondentes à concessão de Título de Cidadão Sul-Mato-Grossense, todos em votação única. O 36 de 2023, de autoria do deputado Zeca do PT, confere o título a Sandro Omar de Oliveira Santos.

O 37 de 2023 e 38 de 2023, do deputado Lucas de Lima (PDT), concede a honraria a Elem Cristina Silveira Cardoso e Ogg Ibrahim, respectivamente. E o 39 de 2023, da deputada Mara Caseiro (PSDB), presta a homenagem a Lúcio Mauro Borges Basso.

Na ocasião, foi retirado de pauta o Projeto de Lei 112 de 2023, de autoria do deputado Renato Câmara (MDB), que inclui no Calendário Oficial de Eventos do Estado a Feira de Exposição Japorã Agrishow-Festa da Agricultura Familiar, realizada, anualmente, em 30 de abril.