O deputado estadual Zé Teixeira () voltou a afirmar que pretende deixar o bloco de parlamentares da base do Governo na Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul). A decisão do parlamentar ocorre por conta da exoneração de servidores indicados por ele.

Conforme o deputado, Eduardo Riedel (PSDB) exonerou diversos nomes indicados por ele na gestão de Reinado Azambuja (PSDB).

Após a exoneração, os antigos servidores não foram mais convocados.

“São pessoas apenas em 10 municípios, que sempre esteve em um projeto político da qual elegeu ele. Era cargo que eu tinha conseguido através do Azambuja. Os cargos não são meus. Os cargos são de um projeto”, disse o deputado.

Questionado sobre sua postura em relação as pautas do governo, Zé Teixeira afirmou que sempre foi independente.

“Esse negócio de base para mim é uma coisa utópica. Tenho que ter responsabilidade, eu não posso votar contra um governo porque eu não sou de base, base para mim não vale nada”.

Líder do governo tenta amenizar situação

Líder do partido na Alems, Jamilson Name (PSDB), afirmou já ter conversado com o Governo do Estado e sobre o sentimento de desprestígio de Zé Teixeira.

Com isso, o deputado espera que Zé siga na base do Governo. “A gente sabe que a política é a arte de conversar. Já levei a mensagem ao Governo e à Casa Civil, não podemos perder nunca o Zé”, afirmou o líder.

Para Jamilson, o pedido de Zé de deixar a base tem a ver com inconformidades, mas que devem ser superadas.

“Tivemos uma conversa já e vamos conversar de novo semana que vem. Mas provavelmente ele deve permanecer. Seu Zé é uma pessoa imprescindível para nós do PSDB como para a Assembleia. Às vezes a pessoa fica inconformada com algumas coisas que acontecem, mas é uma pessoa inteligente, uma pessoa política que não tenho dúvida nenhuma que vai continuar somando com o partido e a Casa”, disse.

Zé Teixera quer deixar o G8

Zé Teixeira já comunicou à liderança do G8, bloco parlamentar de base do Governo na Assembleia Legislativa, que deseja deixar o grupo.

De acordo com o deputado, esse seria um ‘desejo particular’.

Ao Jornal Midiamax, Zé Teixeira disse que ainda não oficializou a saída, apenas conversou com Jamilson Name.

“Eu comuniquei o líder do partido. Tem um partido com seis deputados, eu não preciso participar de G8, G9, G10, G24. As comissões eu disse que não tenho interesse em ser membro, em ser presidente de nenhuma. Foi isso que falei. É um desejo particular”, afirmou.

Zé Teixeira deixou a 1ª Secretaria da Mesa Diretora da Assembleia, quando deu lugar ao deputado (PSDB) para assumir a função.

Entre outras funções, é a 1ª Secretaria da Casa que faz a gestão da folha de pagamento dos servidores e demais gastos de infraestrutura.

Saiba Mais