Mais de cinquenta militantes de movimentos sociais ficaram do lado de fora da Câmara Municipal de Anastácio, durante o 8ª Congresso do PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) neste sábado (02). Mesmo com autorização prévia para a utilização da Câmara, nenhum representante da Casa de Leis apareceu para abrir o local.

De acordo com Lucien Rezende, integrante da executiva estadual e direção nacional do PSOL, a informação repassada pela administração da Câmara foi a de que o servidor responsável por abrir a porta, estava doente. Segundo Lucien, mesmo do lado de fora, foi discutido a atual conjuntura política durante a reunião.

“Não foi aberta a Câmara de Vereadores, para nossa militância participar da plenária, a nossa militância decidiu fazer do lado de fora. Acho simplesmente antidemocrático o ato do presidente da Câmara”, disse Lucien.