Vereadores derrubam veto ao projeto que prevê adesivo na casa de pessoa com autismo

Já o veto sobre o projeto de preços abusivos foi mantido pelos vereadores
| 28/04/2022
- 11:01
semana MS Projeto de lei
LDO de Campo Grande foi aprovada nesta semana. (Foto: Izaías Medeiros, CMCG, Arquivo). - (Foto: Izaías Medeiros, CMCG, Arquivo).

Vereadores de Campo Grande derrubaram um veto e mantiveram outro, nesta quinta-feira (28), sobre projeto de lei que prevê adesivo sobre autismo e o que previa penalidade para preços abusivos durante a pandemia.

O primeiro veto estava trancando a pauta. Quando isso acontece, não é possível votar outras medidas, antes de analisar o que emperra a ordem do dia.

Vereadores mantiveram os dois vetos

Segundo a ordem do dia, divulgada pela Câmara Municipal, o veto era à proposta que tornaria obrigatória a disponibilização, por parte do executivo, de adesivos indicativos com a escrita: 'aqui mora uma pessoa autista', dos vereadores Ronilço Guerreiro (Podemos), Papy (SD) e Willian Maksoud (PTB).

Neste caso, a decisão foi pela derrubada do veto. Com isso, a medida deve ser promulgada pela de Campo Grande.

No entanto, os parlamentares mantiveram o veto à aplicação de penalidade pela prática de elevação abusiva de preços enquanto vigora a situação de calamidade pública em Campo Grande. A proposição é assinada pelos vereadores (Republicanos) e Dr. Victor Rocha (PP).

Veja também

Extrato do contrato do sistema foi publicado no Diário da Assomasul

Últimas notícias