Três em cada 10 candidatas nas eleições de 2020 foram discriminadas por serem mulheres

32% das candidatas de 2020 disseram ter sofrido discriminação por gênero
| 25/05/2022
- 16:23
candidatas CCJ do Senado conclui votação da PEC 38
Foto: Agência Senado. - Arquivo

A cada 10 candidatas nas eleições de 2020, três foram discriminadas por serem . A pesquisa Equidade de Gênero na Política é realizada pelo DataSenado em parceria com o Observatório da Mulher contra a Violência.

Conforme o Senado, foi questionado para os candidatos das eleições passadas: “Você já foi discriminado(a) no ambiente político por causa do seu gênero?”. A pesquisa aponta que 32% das mulheres candidatas em 2020 responderam positivamente.

Enquanto 10% dos candidatos homens afirmaram ter sofrido discriminação devido ao gênero. Foram investigados os motivos da baixa representatividade feminina em cargos políticos.

Também foi abordada a presença da violência política em ambos os gêneros. Foram entrevistadas 2.850 pessoas entre 22 de março e 13 de abril de 2022.

Eles responderam questões sobre as motivações para entrar na política, a influência da e a responsabilidade em relação às atividades domésticas. O estudo completo será divulgado em 30 de maio, durante o seminário Mais Mulheres na Política, que acontece no Plenário do Senado.

Veja também

Partido ainda não conseguiu nomes para concorrer a deputado federal

Últimas notícias