Senadora por Mato Grosso do Sul, (MDB) foi confirmada nesta terça-feira (8) na equipe de transição do governo do presidente eleito Luiz Inácio da Silva (PT). De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a parlamentar atuará na área do desenvolvimento regional.

Os economistas Persio Arida e André Lara Resende também foram confirmados. Tebet já teve a primeira reunião para tratar do assunto com o vice-presidente eleito nesta terça. Anteriormente, Simone teria confidenciado a Alckmin que gostaria de atuar na área da assistência social.

A equipe deverá ser formalizada com cinco comissões, cada uma chefiada por uma pessoa. O quarto componente seria o economista Guilherme Mello e o quinto nome ainda está em definição.

“[Simone] integra conosco a transição e vai nos ajudar em um grupo importantíssimo. Sempre digo: nós temos dois desafios grandes, um deles é a economia, e o outro é o social e eles não disputam. Eles são sinérgicos, eles se somam, se complementam, não são excludentes”, disse Alckmin.

Ministérios

Ainda no primeiro turno, Simone chegou a ser cotada como ministra da Agricultura pelo governo PT e se pronunciou. “Nunca tratei desse assunto com o PT”, disse a senadora por Mato Grosso do Sul.

“Quero deixar uma coisa muito clara: ninguém fala por mim. Nunca tratei desse assunto com o PT. Nunca falei com o Presidente Lula sobre isso”, afirmou.