O governador eleito Eduardo Riedel (PSDB) e o vice-governador eleito José Carlos Barbosa (PP) irão apresentar projetos de lei à Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul). Além disso, será apresentado o organograma do Governo do Estado, durante sessão na terça-feira (6).

Assim, antes de assumir o Governo de MS, a equipe de transição irá apresentar os projetos. A expectativa é de que os deputados votem e aprovem as matérias neste ano.

“Estamos na fase final dos nossos estudos e organização para essa importante apresentação do organograma e dos projetos de leis necessários”, disse Riedel. Conforme o governador eleito, o trabalho focou na modernização e eficiência dos serviços prestados pela administração pública.

Então, disse que mudanças são “para tornar o Estado ainda mais moderno, dinâmico, eficiente, pronto para um novo futuro”. Para ele as alterações , darão “condições de executar o que apresentamos à sociedade por meio do nosso plano de governo”.

Já Barbosinha afirmou que o momento de apresentação é importante para a transição. “Nós nos debruçamos nos números, fizemos uma ampla pesquisa e dialogamos muito sobre o que vamos apresentar para os colegas deputados”, explicou.

Por fim, destacou que “o organograma e os projetos de leis são extremamente importantes para este início do nosso Governo”.