PT cogita advogado para candidato a vice ao governo e mulheres para suplência de senador

O PT de MS se reúne neste sábado, em Campo Grande, para discutir programa de governo e alianças
| 11/06/2022
- 10:04
PT
Vladimir Ferreira, presidente do PT em Mato Grosso do Sul. - (Foto: Leonardo de França, Jornal Midiamax).

O PT já tem ventila nome para candidato a vice-governador e possíveis suplentes de senador. A ideia é escolher nomes relacionados à federação com PC do B e PV ou, ainda, definir alguém do Rede e PSOL - estes dois partidos formaram coligação em 2022.

"Estamos com conversa bem adiantada com o PSOL, em torno do indígena Eloy Terena, que é advogado que se destaca em nível internacional", afirmou Giselle Marques, pré-candidata do PT ao Governo do Estado sobre quem pode ser seu candidato a vice.

As candidaturas só serão confirmadas durante as convenções partidárias, entre 20 de julho e 5 de agosto. No entanto, ainda não há do PT marcado, segundo o presidente da sigla, Vladimir Ferreira.

Com a pré-candidatura ao lançada, Tiago Botelho afirmou que a escolha pelas suplências, sendo que, a primeira, dever ser uma mulher de Campo Grande, enquanto, a segunda, de Corumbá.

giselle - PT cogita advogado para candidato a vice ao governo e mulheres para suplência de senador
Giselle Marques, pré-candidata ao Governo de MS (Foto: Leonardo de França, Jornal Midiamax)

Suplente do PT

"Nós temos alguns nomes do PT e fora, nós temos a possibilidade de aliança com PV e PSOL, além da federação". No entanto, 'apesar de algumas preferências', o nome ainda está indefinido, afirma Botelho.

Para ele, as suplências devem ser pessoas atuantes nos oito anos de mandato de senador, não apenas aptas somente em um eventual afastamento do titular do cargo.

tiagobotelhojpeg - PT cogita advogado para candidato a vice ao governo e mulheres para suplência de senador
Tiago Botelho, pré-candidato ao Senado pelo PT. (Foto: Leonardo de França, Jornal Midiamax)

Encontro em Campo Grande

A reunião entre lideranças petistas faz parte do calendário de eventos em Mato Grosso do Sul, com objetivo de reunir a região central do Estado. É o penúltimo encontro regional, o último será em Jardim, afirma o dirigente.

"Estamos discutindo as conjunturas nacional e estadual, além das eleições de 2022, programa de governo e a política de aliança que estamos construindo".

Participam da reunião dos deputados estaduais Pedro Kemp e Amarildo Cruz, além do deputado federal Vander Loubet. Os vereadores Airton Araújo e Camila Jara também estão previstos.

Veja também

Foram cinco votos contrários ao pedido de cassação e três favoráveis

Últimas notícias