Para garantir a segurança nas Eleições de 2022, o TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) realizou uma reunião com as Forças de Segurança do Estado. Na ocasião, foi realizado o alinhamento do plano de atuação no pleito deste ano.

Estiveram presentes autoridades das Forças de Segurança e do TRE-MS. O presidente, desembargador Paschoal Carmello Leandro, afirmou que o Tribunal trabalha para assegurar que todos tenham segurança durante as Eleições de 2022.

Ele destacou o compromisso da Justiça Eleitoral em realizar eleições democráticas. “Devemos assegurar a igualdade de condições entre os candidatos na disputa eleitoral e proteger a normalidade e a legitimidade do pleito, refletindo com exatidão a escolha livre do eleitor”, afirmou.

O diretor geral, Hardy Waldschmidt, apresentou dados, informações técnicas e de logística que serão utilizadas no plano de segurança. Além disso, ele apontou a necessidade da união dos órgãos para garantir a segurança nas eleições.

“A ação conjunta se faz necessária para garantir o exercício do voto e a normalidade da votação e apuração”, ponderou Hardy. Na reunião, também foram esclarecidos os procedimentos da das urnas eletrônicas pelo juiz de Direito e presidente da Comissão de Auditoria das Eleições, Dr. Olivar Augusto Roberti Coneglian.

Para a segurança das eleições, o Ciops (Centro Integrado de Operações) da de MS irá aumentar a capacidade operacional de recursos humanos e técnicos dos serviços de emergência — os números 190 e 193.

O representante do Centro, Coronel Juracy Pereira da Paz, informou que também haverá reforço do monitoramento e desenvolvimento da Operação Eleições 2022 a partir de 26 de setembro.

Reunião sobre a segurança

Estiveram presentes o comandante do CMO (Comando Militar do Oeste), General Anísio David de Oliveira, o secretário da (Secretaria do Estado de Justiça e Segurança Púbica), Antônio Carlos Videira, o superintendente Abin (Agência Estadual de Mato Grosso do Sul), Davi Bernardes de Assis, o comandante do 17º BTran (Batalhão de polícia Militar de Trânsito), Tenente-Coronel Élcio Almeida, e o Diretor-Presidente da Agetran (Agência Municipal de Trânsito).

Também participaram: Janine de lima Bruno, o superintendente Regional do Departamento de PRF (Polícia Rodoviária Federal), Luiz Alexandre Gomes da Silva, o Comandante-Geral da Polícia Militar de MS, Coronel Marcos Paulo Gimenez, o Delegado-Geral da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, Roberto Gurgel de oliveira Filho, o Secretário Municipal de Segurança e Defesa Social, Valério Azambuja, o Diretor do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), Coronel Wagner Ferreira da Silva, e o Comandante da Polícia Militar Rodoviária Estadual de MS, Tenente-Coronel Wilmar Fernandes.

Além do presidente, desembargador Paschoal Carmello Leandro, representaram o TRE-MS: o Vice-Presidente e Corregedor Regional Eleitoral, Des. Julizar Barbosa Trindade, o Juiz Auxiliar da Presidência, Dr. Fernando Cury, o Juiz Auxiliar da Corregedoria, Dr. Alexandre Correa Leite e o Diretor Geral, Hardy Waldschmidt. O Procurador Regional Eleitoral, Dr. Pedro Gabriel Siqueira Gonçalves, esteve representando o Ministério Público Eleitoral.