Com acréscimo de aproximadamente 13% em relação ao estipulado para este ano, o de investimentos para o maior município do interior foi entregue na manhã desta sexta-feira (14) pelo prefeito (PP) à Câmara Municipal de . A proposta do executivo para investimentos em 2023 está orçada em R$ 1,465 bilhão.

“A maior parte dessa previsão orçamentária está destinada à saúde e em seguida à educação e que estão muito além dos limites legais”, explicou o prefeito ao entregar o projeto nas mãos do presidente da Câmara Municipal de Dourados, Laudir Munaretto (MDB), e que a partir de agora será repassada para apreciação dos parlamentares.

Alan Guedes também detalhou que desse montante, mais de 50% é destinado ao custeio da folha de pagamento. “A previsão chega a 50.8. Então estamos trabalhando com algo em torno de R$ 760 milhões de reais com despesas de pessoal para o ano que vem. E mais da metade do nosso orçamento”, disse o prefeito.

Entres as pastas, as que mais vão receber recursos, como tradicionalmente acontece, são a Saúde, com montante de R$ 394.523.660,00, e a Educação, com despesa orçada de R$ 385.496.000,00, incluindo o Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica). A tem despesas orçadas em R$ 28.116.664,00.

“Respeito ao Legislativo”

Na previsão de orçamento para 2023, destaque para a área da Cultura, que teve a previsão de gastos dobrada em relação a esse ano. O valor destinado à pasta é de R$ 3.877.000,00, ganho de 100%. Para a Funed, estão reservados R$ 4.368.500,00.

“É uma honra e também um sinal de respeito ao Legislativo vir pessoalmente entregar esta peça”, destacou o prefeito ao entregar a nova previsão orçamentária do município. Segundo ele, Câmara de Dourados tem sido uma parceira da Prefeitura em diversas ações.

A partir de agora, segundo o presidente da Câmara, Laudir Munaretto a proposta de investimento bilionária da prefeitura de Dourados deverá seguir uma tramitação burocrática, com passagens pelas comissões Finanças, Justiça e Orçamento e depois será discutida e votada em plenária.

“Durante esta semana a proposta já deve ser entregue às comissões e em até 15 dias já começará a tramitar em plenária. Esse orçamento é de extrema importância para o município para a resolução de problemas em alguma área e por isso faremos um esforço para que o mesmo seja aprovado dentro do tempo previsto”, explicou Munaretto.

Dos 19 vereadores da Câmara de Dourados, 13 estiveram presentes (Foto: Marcos Morandi, Midiamax)