Bancada de MS fica de fora da disputa por cargos da Mesa Diretora da Câmara Federal

Cargos da Mesa Diretora precisam de nova eleição, após mudança de partido de integrantes
| 25/05/2022
- 09:02
Bancada de MS fica de fora da disputa por cargos da Mesa Diretora da Câmara Federal
Deputados Dagoberto Nogueira, Beto Pereira, ambos do PSDB, Vander Loubet (PT) e Loester Trutis (PL).

Deputados federais de Mato Grosso do Sul, cujos partidos têm direito à participação na Mesa Diretora da Federal, devem ficar de fora da disputa pelos cargos de primeiro vice-presidente, segundo-secretário e terceiro-secretário.

A eleição está prevista para esta quarta-feira (25), a partir das 13h55 (horário de Brasília), segundo divulgado pelo Legislativo. Os cargos da Mesa Diretora da Câmara Federal precisam ser preenchidos novamente porque os três deputados que ocupavam as vagas, deixaram seus partidos.

É o caso de Rose Modesto que foi para o União Brasil. No regimento interno da Câmara Federal, está previsto que os cargos são da Mesa Diretora, não do parlamentar. Neste caso, a terceira-secretaria que Rose ocupava é do PSDB, legenda que deixou em abril.

Cargos da Mesa Diretora

Para primeiro-secretário, só poderão se candidatar filiados ao PL; segundo-secretário, filiados do PT, e terceiro-secretário, somente filiados do PSDB.

Segundo Dagoberto (PSDB/MS), o ninho tucano escolheu a deputada federal por Santa Catarina, Geovania de Sá. Beto Pereira, da mesma legenda, foi acionado ontem, mas não respondeu à reportagem.

Indagado, o deputado (PL/MS) disse que não pretendia se candidatar à vaga a qual seu partido tem direito. O escolhido oficialmente da sigla foi o deputado Lincoln Portela (PL-MG), de acordo com a Câmara Federal.

No entanto, outros parlamentares do PL vão concorrer de forma avulsa. São eles: Capitão Augusto (PL-SP), Fernando Rodolfo (PL-PE), Bosco Costa (PL-SE) e Flávia Arruda (PL-DF).

Vander Loubet (PT/MS) afirmou que também não tem pretensão de disputar ao cargo, mas que o PT definiria um nome durante uma reunião, ainda na terça-feira. Neste caso, o escolhido foi Odair Cunha, de Minas Gerais.

Veja também

Últimas notícias