Política

Vereador Carlão vê vacinação de comerciários como medida para consolidar flexibilizações

Câmara de Campo Grande retomou as sessões nesta terça-feira, de forma presencial

Renan Nucci e Mayara Bueno Publicado em 03/08/2021, às 10h11

Vereador Carlão durante sessão na Câmara Municipal de Campo Grande
Vereador Carlão durante sessão na Câmara Municipal de Campo Grande - Marcos Ermínio/Midiamax

Os vereadores de Campo Grande retornaram, nesta terça-feira (3), do recesso parlamentar, para realização da primeira sessão ordinária do segundo semestre, de forma presencial. Na ocasião, o presidente da Câmara Municipal, o vereador Carlão (PSB), disse que o Legislativo vai discutir com o município sobre a vacinação dos comerciários contra o coronavírus (Covid-19).

Segundo ele, a imunização da categoria teria neste momento mais eficácia para consolidar a flexibilização do funcionamento dos estabelecimentos na pandemia. Ele disse ainda que, apesar das doses terem sido liberadas para públicos de várias idades, no caso específico do comércio, existem muitos jovens na faixa dos 20 a 25 anos que ainda não puderam ser vacinados.

Nesse sentido, entende essa medida como uma das prioridades para contribuir com o retorno das atividades. Conforme dados da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), desde o início da vacinação, 467.288 pessoas já tomaram a primeira dose e 322.419 já tomaram a segunda dose, completando o ciclo de imunização. Só hoje, 125 campo-grandenses já foram vacinados.

Durante agenda no último domingo (1), para entrega de moradias populares na região do Bom Retiro, o prefeito Marquinhos Trad afirmou que há possibilidade de flexibilização das medidas impostas por conta do avanço da pandemia, no entanto, tudo vai depender do número de casos registrados nos próximos 15 dias. Se o cenário continuar melhorando, as medidas serão mais brandas.

Jornal Midiamax