Política

PF pede mais tempo para concluir investigação de Bolsonaro por vazamento de informações

Pedido foi encaminhado ao ministro do STF na segunda-feira

Renan Nucci Publicado em 06/10/2021, às 09h31

Presidente Jair Bolsonaro durante discurso
Presidente Jair Bolsonaro durante discurso - Agência Brasil

A Polícia Federal pediu ao STF (Supremo Tribunal Federal) a prorrogação do prazo para conclusão do inquérito que investiga Jair Bolsonaro. O objetivo é apurar se o presidente cometeu crime ao vazar informações relacionadas a outra investigação sigilosa da PF sobre um ataque de hackers no sistema do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

De acordo com a revista Exame, no pedido encaminhado ao ministro Alexandre de Moraes na segunda-feira, a PF alega necessidade de mais tempo para novas diligências. O inquérito foi instaurado inicialmente no dia 12 de agosto por ordem do próprio ministro e agora, cabe a Moraes decidir se autoriza a prorrogação e por quanto tempo.

Conforme já noticiado, no dia 29 de julho, durante uma transmissão pela emissora estatal TV Brasil, o presidente usou o aparato para atacar o processo eleitoral e divulgar informação inverídica sobre as eleições. Tal investigação é realizada no âmbito das fakenews, que investigam compartilhamento de conteúdo falso nas redes sociais e ameaças a ministros.

Jornal Midiamax