Política

Pedro Gomes pede prorrogação do estado de calamidade pública devido à Covid-19

Se aprovado, calamidade pública será prorrogada até 30 de junho

Renata Volpe Publicado em 16/04/2021, às 09h55

Município de Pedro Gomes
Município de Pedro Gomes - Reprodução

O município de Pedro Gomes pediu pela prorrogação do estado de calamidade pública devido à Covid-19, até 30 de junho. O pedido foi protocolado na Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) que criou um decreto legislativo para ser votado pelos parlamentares.

O pedido primeiro será analisado pelos membros da CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação). Se aprovado, irá para votação única em plenário.

De acordo com a justificativa apresentada pelo prefeito municipal, William Luiz Fontoura (DEM), em julho do ano passado, Pedro Gomes não apresentava qualquer registro de caso confirmado de Covid-19, porém, já em 15 de abril, o município já alcançava a marca de 418 casos confirmados.

Sobre a vacinação, já foram enviadas 1.946 doses de vacinas ao município até o momento. “Diante disso, levando em conta que Pedro Gomes ainda sofre com os impactos negativos decorrentes da pandemia, somados ao aumento recente do número de casos, e considerando que o plano nacional de vacinação é progressivo, e ainda está no seu estágio inicial, a prorrogação dos efeitos de reconhecimento do estado de calamidade pública até 30 de junho de 2021 é medida de extrema importância e necessidade”.

Jornal Midiamax