Política

Marquinhos entrega relatório de gestão na Câmara e apresenta novo secretariado na 6ª

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) anunciará nesta sexta-feira (19) a composição do seu secretariado para o segundo mandato. O anúncio partiu do próprio prefeito, em discurso na abertura da 11ª legislatura da Câmara Municipal de Campo Grande, no plenário da Casa de Leis, na manhã desta quinta (18). Em sua passagem pela Câmara, Marquinhos entregou […]

Danúbia Burema Publicado em 18/02/2021, às 10h40 - Atualizado às 12h42

Prefeito discursa na abertura dos trabalhos da Câmara. (Marcos Ermínio/Midiamax)
Prefeito discursa na abertura dos trabalhos da Câmara. (Marcos Ermínio/Midiamax) - Prefeito discursa na abertura dos trabalhos da Câmara. (Marcos Ermínio/Midiamax)

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) anunciará nesta sexta-feira (19) a composição do seu secretariado para o segundo mandato. O anúncio partiu do próprio prefeito, em discurso na abertura da 11ª legislatura da Câmara Municipal de Campo Grande, no plenário da Casa de Leis, na manhã desta quinta (18).

Em sua passagem pela Câmara, Marquinhos entregou aos 29 vereadores um relatório de gestão referente ao ano de 2020 e confirmou que haverá algumas mudanças em seu staff. Ao mesmo tempo, garantiu que a nova composição do Executivo continuará a trabalhar alinhada com a Câmara, independentemente da política partidária.

Marquinhos entrega relatório de gestão na Câmara e apresenta novo secretariado na 6ª
Prefeito na chegada à Câmara nesta quinta-feira (18). (Marcos Ermínio/Midiamax)

“É com esse sentido de responsabilidade que reúno amanhã todos os pares e a Camila [Jara, única vereadora mulher] para apresentar o novo secretariado. Vão ter algumas mudanças, mas poucas”, discursou Marquinhos. Aos vereadores, reiterou que “vocês vão ter apoio, sim, terão solidariedade, sim. Vamos estar com as portas abertas, seja o partido que for. Todos os secretários são pagos para trabalhar por Campo Grande e vocês representam legitimamente a Capital”.

O prefeito ainda desejou construir um “trabalho harmônico, independente, sem apaniguamento, mas com discussões técnicas públicas, não privadas” com a Câmara. O discurso vai ao encontro da expectativa apresentada pelo vereador Carlão (PSB), presidente da Câmara Municipal, que aposta em um cenário de consenso na Casa, que deve dar maioria a Marquinhos e garantir a aprovação de projetos de interesse do município. A reunião com o novo secretariado será na Câmara.

Mudanças

Sobre as mudanças, Marquinhos adiantou que serão poucas. Elas existirão porque, segundo o prefeito, alguns secretários querem deixar a pasta e ele tenta demovê-los da ideia. Das subsecretarias que serão criadas, a Subsecretaria de Gestão e Projetos Estratégicos será ocupada pela Catiana Sabadin. Atualmente ela é coordenadora de projetos especiais da prefeitura e atuou no Reviva Centro. “Em Brasília, eu tenho que elevar a nível de secretaria, se não eu não vou mais conseguir verba”.

Outra pasta a ser criada, segundo o prefeito chamada de Secretaria Comunitária, deverá ser ocupada pelo ex-vereador Chiquinho Telles, que em 6 de janeiro teve publicada sua nomeação como assessor especial no gabinete do chefe do Executivo. Ex-líder do prefeito na Casa, Chiquinho obteve 3,6 mil votos, mas não se elegeu.

Jornal Midiamax