Política

Deputado governista anuncia voto contrário à Reforma Administrativa de Paulo Guedes

Loester Trutis faz parte da base de apoio do governo Bolsonaro, mas criticou a PEC 32

Marcelo Nantes Publicado em 13/10/2021, às 13h53

Deputado federal Loester Trutis (União Brasil) anuncia que vai votar contra a reforma administrativa
Deputado federal Loester Trutis (União Brasil) anuncia que vai votar contra a reforma administrativa - Arquivo

O deputado federal Loester Trutis (União Brasil) usou as redes sociais, nesta quarta-feira (13), para declarar voto contrário à PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 32/2020, que trata da reforma administrativa.

Loester Trutis fez referência positiva ao texto original, encaminhado à Câmara dos Deputados pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, em setembro do ano passado. Mas deixou claro que não gostou nem um pouco da redação final, que deve ser votada pelo plenário ainda neste mês. 

Ele reclama que faltou no texto a ser votado a inclusão do fim de privilégios de agentes políticos e de integrantes do Judiciário e do Ministério Público. 

“Do jeito que ela está, deixa de fora figurões dos três poderes, ou seja retira direitos de professores, guardas municipais e agentes de saúde, e livra juízes, parlamentares e ocupantes de altos cargos. Reforma administrativa ou é para todos, ou não é justa, simples assim. Neste texto atual votarei CONTRA, tanto quanto ao mérito, quanto aos destaques que seguirem a linha de não mexer nos super-salários”, postou Trutis.

Porém, essas medidas apontadas pelo parlamentar como justas e necessárias nunca fizeram parte da redação inicial da PEC 32, que ele elogiou. 

Jornal Midiamax