Política

Com polarização entre Doria e Leite dentro do PSDB, Arthur Virgílio diz em MS que “luta até o fim”

Nesta quinta, o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio foi recebido por políticos do partido no diretório estadual em MS

Lucas Mamédio e Marcelo Nantes Publicado em 21/10/2021, às 18h54

Arthur durante discurso em MS nesta quinta (21)
Arthur durante discurso em MS nesta quinta (21) - (Foto: Leonardo França)

Mato Grosso do Sul recebeu mais um tucano que disputa as prévias do PSBD à presidência da república em 2022. O ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio foi recebido por políticos do partido no diretório estadual em MS e afirmou que, mesmo em uma disputa polarizada entre outros dois aspirantes ao planalto, o governador de São Paulo, João Doria, e o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, pretende lutar até o fim.

“Tenho certeza que sou capaz de chegar na alma das pessoas. A muitas formas de perder, e ganhar dividindo o partido é ruim, mas perder para alguém que assimila seu programa não é derrota”, declarou em entrevista.

O ex-prefeito de Manaus também aproveitou para dizer que se chegar à presidência vai reforçar os órgãos de fiscalização para proteger biomas como os de MS. “Se for presidente vou reforçar os órgãos de fiscalização como Ibama pra não permitir que cidades como Bonito, que é uma das grandes riquezas de MS, sejam destruídas”

Já o governador Reinado Azambuja disse que está satisfeito com andamento das prévias e destacou a participação do PSDB local. “Acho importante o PSDB de MS participar das prévias. Vamos ter um peso enorme nas previas. Oxigena e dá musculatura ao debate (a presença de Arthur em MS)”.

Virgílio foi ministro do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e prefeito de Manaus. Segundo seu programa tem como pautas prioritárias nas prévias a defesa da democracia, desenvolvimento da Amazônia, recuperação econômica, redução da pobreza e da fome, desenvolvimento social, empoderamento da mulher e a paridade de gênero na política e no serviço público.

O PSDB, que sempre teve quadros considerados fortes na disputa presidencial, tenta consolidar um nome para ser a terceira via e quebrar a polarização entre ex-presidente Lula (PT) e o atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Ainda estão na disputa interna do partido, além de Arthur, os governadores de São Paulo, João Doria, e do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, além do senador pelo Ceará, Tasso Jereissati.

A decisão sobre a escolha do nome está marcada para o dia 21 de novembro deste ano.

Visitas de pré-candidatos Tucanos

Esse é o segundo pré-candidato do PSDB que visita Mato Grosso do Sul. O governador do Rio Grande do Sul e presidenciável, Eduardo Leite (PSDB), cumpriu agenda no estadoem setembro. A visita faz parte do cronograma de sua campanha para ser o escolhido nas prévias dos Tucanos na corrida ao Planalto em 2022.

Jornal Midiamax