Política

Citada como nome do MDB para presidente, Simone Tebet diz que haverá terceira via em 2022

Parlamentar sul-mato-grossense não confirma nem descarta chance de disputar a presidência da República

Mayara Bueno Publicado em 19/07/2021, às 11h08

Senadora Simone Tebet (MDB-MS)
Senadora Simone Tebet (MDB-MS) - (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)

Citada em reportagens que a apontam como possibilidade de disputar a presidência da República, a senadora Simone Tebet (MDB-MS) respondeu ao Jornal Midiamax que tem certeza de que haverá uma terceira via em 2022. Até então, a polarização escancarada em 2018 parece ser a tônica novamente no próximo ano, apesar de alguns nomes, como a da parlamentar sul-mato-grossense, começarem a serem citados.

"Tenho certeza de que terá uma terceira via em 2022. E, seja quem for, eu estarei com ela", disse Simone Tebet. De acordo com a Folha de São Paulo, o presidente nacional do MDB, Baleia Rossi, disse que o partido trabalha com a possibilidade de definir a senadora como candidata à presidência.

Simone ganhou mais destaque com a atuação na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que investiga condução do governo federal na pandemia de Covid-19, no Senado. Em uma das ocasiões, durante sessão da comissão, foi ela quem conseguiu o nome do líder do governo na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros (PP-PR) - ele teria articulado para que fosse possível a negociação irregular da vacina indiana Covaxin.

Em seu relato, Luis Miranda (DEM-DF) contou que ele e o irmão, Luis Ricardo Miranda, servidor do Ministério da Saúde, avisaram o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre irregularidades na negociação. Inicialmente, não revelou o nome de Barros, que só foi dito após pressão da parlamentar sul-mato-grossense. Antes, ele repetiu 12 vezes que não sabia. 

Jornal Midiamax