Política

Câmara de São Gabriel do Oeste reivindica criação da polícia penitenciária de MS

Presidente do poder legislativo local encaminhou pedido ao governador Reinaldo Azambuja

Marcelo Nantes Publicado em 19/10/2021, às 19h35

Câmara Municipal de São Gabriel do Oeste
Câmara Municipal de São Gabriel do Oeste - Arquivo

Os vereadores da Câmara Municipal de São Gabriel do Oeste, localizado a 137 quilômetros de Campo Grande, estão reivindicando do governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), a solução de um antigo problema: a criação da polícia penal estadual. 

O pedido foi feito por meio de uma moção de solidariedade aos servidores da administração penitenciária de MS. O documento será encaminhado, nesta quarta-feira (20), também para os 24 deputados estaduais e para o secretário de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira.

“Nossa expectativa é que o governador atenda nosso pedido. Temos interesse porque o estabelecimento penal feminino do Estado fica em São Gabriel do Oeste. E há outras questões ainda. A polícia militar prende, a justiça pune, mas quem cuida são os agentes penitenciários. Quando um preso foge, quem vai atrás são eles. Há muito que regulamentar”, avalia o presidente da Câmara Municipal, Fernando Rocha (DEM). 

Os vereadores querem que o Poder Executivo envie para a ALEMS (Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul) uma PEC (proposta de emenda à Constituição estadual)    que crie a polícia penal do Estado e um projeto de lei que regule a carreira e defina as atribuições e responsabilidades da categoria. 

A motivação dos gabrielenses para a cobrança é a Emenda 104 à Constituição Federal, que foi promulgada em dezembro de 2019. Ela criou a polícia penal e a vinculou ao órgão administrador penal dos estados, visando à segurança dos estabelecimentos penais.

“A Câmara Municipal de São Gabriel do Oeste entende que a ação é de relevante interesse público e de alto risco. Tenho certeza que as câmaras de vereadores do Mato Grosso do Sul poderão hipotecar esse apoio que os servidores penitenciários necessitam para sensibilizar tanto o governador quanto os deputados estaduais”, discursou Fernando Rocha, na manhã desta terça (19).

Jornal Midiamax