Política

Após 58 dias de recesso, vereadores se reúnem para discutir formação das comissões 

Após 58 dias de recesso parlamentar, vereadores de Campo Grande participam nesta quinta-feira (18) da sessão inaugural que marca o início dos trabalhos da 11ª Legislatura. Antes de ir ao Plenário, eles participam, neste momento, de reunião na Presidência. Conforme a assessoria do presidente da Casa, vereador Carlão (PSB), a pauta inicial é a definição […]

Danúbia Burema Publicado em 18/02/2021, às 09h03 - Atualizado às 12h11

Banda da Guarda Metropolitana se prepara para apresentação. (Marcos Ermínio/Midiamax)
Banda da Guarda Metropolitana se prepara para apresentação. (Marcos Ermínio/Midiamax) - Banda da Guarda Metropolitana se prepara para apresentação. (Marcos Ermínio/Midiamax)

Após 58 dias de recesso parlamentar, vereadores de Campo Grande participam nesta quinta-feira (18) da sessão inaugural que marca o início dos trabalhos da 11ª Legislatura. Antes de ir ao Plenário, eles participam, neste momento, de reunião na Presidência. Conforme a assessoria do presidente da Casa, vereador Carlão (PSB), a pauta inicial é a definição das Comissões Permanentes e as bancadas. Ainda não há previsão se a composição final deve ser apresentada ainda nesta quinta-feira (18) ou somente na próxima semana.

Alguns dos vereadores chegaram há pouco para a conversa. É o caso de João César Mattogroso (PSDB), Edu Miranda (Patriota), Marcos Tabosa (PDT) e Alírio Villasanti (PSL). Do lado de fora, a banda da Guarda Civil Metropolitana se prepara para apresentação. Algumas pessoas já chegaram ao local e estão confirmadas as presenças do prefeito Marquinhos Trad (PSD) e do secretário de Estado de Governo, Eduardo Riedel.

A sessão também marca o retorno oficial das atividades presenciais na Câmara, após meses de sessões transmitidas por videoconferência em função da pandemia. Eles já haviam se reunido de forma extraordinária na votação da autorização do município para compra de vacinas contra o Covid-19, em 13 de janeiro. A ocasião foi a segunda, após a posse, em que os parlamentares se reuniram na Casa de Leis.

No local, é permitida somente a entrada mediante o uso de máscaras e a regra é que não se poderá exceder 40% da ocupação. Ainda não há informação se parte do público será realocado do lado de fora, em local onde seja possível ver o Plenário. Ainda com pouco público, as regras de distanciamento social estão sendo mantidas dentro do prédio, mas do lado de fora já é possível ver algumas pessoas com distância inferior a 1,5 metros de outras.

Indicações

A movimentação para formação das comissões teve início nos bastidores, sobretudo, quanto à CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), considerada a principal, pois analisa todas as propostas legislativas apresentadas, antes de serem votadas em plenário. A expectativa é que os tucanos indiquem João César Mattogrosso para a vaga. Ao todo serão  23 comissões permanentes e, em cada uma delas, são 5 membros. O PSD, maior bancada da Casa de Leis, tem direito a indicar dois nomes em cada um dos grupos, PSDB e Podemos, um vereador cada, e as demais legendas se organizam para apontar quem fica com a quinta vaga por meio de acordo.

Jornal Midiamax